Categorias
Saúde em Foco Suplementos

Ômega 3: Com selo IFOS ou MEG-3?

Os tipos de Ômega 3 que são apontados como os responsáveis pelos benefícios sobre a saúde humana, são o DHA e o EPA. Eles são necessários para a saúde do coração e da visão, para manter sob condições normais, as membranas celulares, as funções cerebrais e a transmissão de impulsos nervosos. Eles precisam ser consumidos todos os dias porque apesar de serem essenciais ao organismo humano, não somos capazes de produzi-lo endogenamente. Com isso, a suplementação de Ômega 3 DHA e EPA é cada vez mais comum, sendo um dos suplementos mais utilizados entre as pessoas que buscam manter a saúde em dia. Existe no mercado uma série de suplementos, das mais variadas concentrações, preços e certificações. O que gera muito dúvida na hora de escolher o melhor suplemento. Então, o que devemos analisar na hora da escolha por um suplemento de Ômega 3 DHA e EPA?

Porque suplementar Ômega 3 DHA e EPA?

Já existem muitos estudos que apoiam os benefícios do Ômega 3 DHA e EPA na saúde humana, sendo um nutriente essencial para diversos sistemas e estruturas do organismo como o cérebro, visão e coração.

Na nossa alimentação habitual é muito mais comum oferecer ao organismo o Ômega 6 por meio do consumo de óleos vegetais. Por ser pró inflamatório, um consumo aumentado de Ômega 6 pode ser prejudicial. Por isso, o Ômega 3 que tem ação anti-inflamatória, precisa ser consumido para que haja um equilíbrio entre esses nutrientes em uma proporção saudável para que traga benefícios à saúde. A suplementação do Ômega 3 ajuda a equilibrar a proporção do consumo do Ômega 6, já que não é muito comum o consumo regular de peixes fonte de Ômega 3.

Suplementos de Óleo de Peixe

O Óleo de Peixe é o suplemento mais consumido em todo o mundo, mas isso não garante que todas as pessoas que estão consumindo esse tipo de suplemento, estão oferecendo ao organismo os tipos mais essenciais que são o DHA e o EPA em quantidades adequadas. Além do teor de DHA e EPA, outros parâmetros devem ser analisados na escolha desse tipo de suplemento, que é a presença de metais pesados e poluentes, estabilidade dos nutrientes, presença de óleos vegetais e se você é uma pessoa que se preocupa com a natureza, a cadeia produtiva envolvida na extração desse óleo. Mas alguns fabricantes infelizmente não utilizam de matéria prima testada e certificada, o que significa que a todo o momento chega ao mercado de suplemento, óleo de peixe contaminado e de má qualidade.

Mas como distinguir se um produto é seguro e de qualidade? Para que você não precise ficar calculando, ou pesquisando toda a procedência dos óleos de peixe um a um, basta buscar por sua certificação. Um produto com certificação, que tem um selo adicionado ao seu rótulo, foi testado e analisado quanto a qualidade do óleo de peixe.

Certificação IFOS™

Alguns produtos possuem o selo “IFOS™” (International Fish Oil Standards ™) que é o único programa de testes e certificação exclusivo para óleos de peixe, o qual analisa a presença de contaminantes, estabilidade da composição e níveis do teor dos ingredientes ativos (ômega-3 EPA e DHA).

Mas, e se ao invés de uma certificação da IFOS™ o produto tiver um selo MEG-3® de qualidade, o que isso quer dizer?

Selo MEG-3® de qualidade

Um produto que possui um selo MEG-3® de qualidade, significa que esse Óleo de Peixe foi certificado com pontuação máxima de 5 estrelas pela IFOS™ (International Fish Oil Standards Program). Esta é a mais alta classificação para a qualidade do óleo de peixe, com a garantia de oferecer um produto que cumpre os mais altos padrões internacionais de excelência.

Na prática quer dizer que a MEG-3® possui altos níveis de concentração para Ômega-3 dos tipos DHA e EPA, que essa formulação não é diluída com outros tipos de óleos vegetais, que tem elevado nível de pureza por não possuir contaminantes e nem metais pesados, é uma formulação que tem alta estabilidade, o que impede a oxidação dos seus componentes, preservando assim, todos os seus nutrientes e, que cada lote do Óleo de Peixe foi inspecionado para garantir a conformidade de todos os parâmetros de qualidade.

Além de todos os requisitos de qualidade que a MEG-3® possui, os peixes utilizados para a extração do Ômega 3 DHA e EPA, provém de várias espécies de peixes selvagens, e são subprodutos de indústrias de farinha de peixe ou de conservas alimentícias. Os peixes não são capturados para a exclusiva produção de óleo.

Isso é um compromisso com o meio ambiente, no uso responsável e sustentável dos recursos marinhos naturais. O óleo de peixe só é adquirido de empresas de pescas regulamentadas, cujos equipamentos, práticas e procedimentos visam proteger os recursos pesqueiros. É assegurado que nenhuma espécie de peixe, a partir da qual os óleos de peixe MEG-3® são produzidos, está ameaçada de acordo com a Lista Vermelha das espécies em perigo da União Internacional para Conservação da Natureza (UICN) ou está na relação dos apêndices I-III da Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies Ameaçadas de Extinção (CITES).

Ômega 3 SUPER DHA e EPA com selo MEG-3®

E, agora, selo IFOS ou MEG-3®?

A Certificação IFOS™, verifica o conteúdo do ingrediente ativo, contaminantes e estabilidade.

O selo MEG-3® de qualidade é uma certificação mais completa. Quer dizer que o óleo de peixe foi classificado com a mais alta pontuação nos parâmetros de qualidade, o que garante que o produto:  Tem óleo de peixe concentrado, alto teor de Ômega 3 DHA e EPA, elevados níveis de pureza, que significa que não tem contaminantes e nem metais pesados, tem alta estabilidade, que garante que o óleo não vai sofrer oxidação, que cada lote dessa matéria-prima foi inspecionada e ainda, que esse produto não veio de caça predatória e todas as etapas da sua produção foram pensadas na preservação do ambiente marinho.

Aqui na NatusVita, você encontrado óleo de peixe com selo MEG-3®, como o ÔMEGA 3 SUPER DHA e EPA que oferece 1.500 mg de DHA e 600 mg de EPA por porção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.