Categorias
Saúde em Foco

O que é Magnésio Dimalato? Para que serve? Quais os benefícios?

O Magnésio Dimalato é um suplemento nutricional que além de ser fonte de Magnésio, oferece em sua composição o Ácido Málico. Para entendermos os benefícios e aplicações do Magnésio Dimalato na saúde, precisamos primeiramente entender cada um dos dois nutrientes isoladamente. Vamos lá…

Magnésio Dimalato em cápsulas

Magnésio Dimalato: Importância do Magnésio

O Magnésio é um mineral essencial para a vida humana. Ele participa de várias reações celulares, sendo responsável por quase todas as ações que envolvem anabolismo e catabolismo (construção e quebra de complexos orgânicos).

Mais de 300 sistemas enzimáticos dependem da presença de Magnésio. Ele regula diversas reações bioquímicas no corpo, incluindo a glicólise, o metabolismo proteico e lipídico. O Magnésio é necessário para a produção de energia tanto na via aeróbia quanto na via anaeróbia, regula a pressão arterial, atua na excitação muscular e no impulso nervoso, mantém o ritmo cardíaco normal,  regula o nível de potássio dentro da célula, participa da síntese de DNA e RNA, contribui para o desenvolvimento estrutural do osso e atua no controle da glicose no sangue. (1,2,3)

Mais da metade do Magnésio encontrado no organismo, fica armazenado nos ossos e o restante distribuído entre a musculatura e os tecidos moles (coração, fígado, intestino, pele e outros tecidos conectivos). O Magnésio transita lentamente entre os ossos, músculos e demais tecidos, porém no caso de deficiência, o Magnésio é mobilizado dos tecidos ósseos e muscular para suprir a demanda dos órgãos vitais, como coração e fígado.

O Magnésio está presente naturalmente em diversas hortaliças, legumes, frutas e feijões, em concentrações variadas. Já os vegetais escuros folhosos, sementes oleaginosas, cereais integrais e frutas secas apresentam altas concentrações de Magnésio. Além claro, além de estar presente em alta concentração no Magnésio Dimalato.

A Recomendação dietética diária (Recommended Dietary Allowances – RDA) para o Magnésio é de 400 a 420 para homens adultos e 310 a 320mg para mulheres adultas. Entretanto, em países industrializados, cuja cultura alimentar “fora do lar” vem se disseminando na mesma proporção do aumento do consumo de alimentos processados, cujo valor nutricional baseia-se em energia, é comum encontrar prevalência de deficiência dietética de Magnésio. O consumo inadequado de Magnésio, vem sendo associado ao surgimento de diversas doenças crônicas. É crescente o número de evidências científicas que apontam o papel protetor dos nutrientes da dieta na etiologia e progressão das doenças crônicas. (4)

De acordo com a Pesquisa de Orçamento Familiar 2008-2009 (POF), na qual foram entrevistados 13.569 domicílios de todas as regiões brasileiras, afim de avaliar a qualidade da alimentação da população, observou-se elevadas prevalências de inadequação de vitaminas e Magnésio na população adulta, de ambos os sexos, destacando-se a população idosa com os piores resultados. A implicação das elevadas prevalências de inadequação de Magnésio, pode ser decorrente da pouca variedade de alimentos que compõem a dieta habitual dos brasileiros e principalmente dos idosos. (5)

Outro grupo populacional com tendência a apresentar deficiência de Magnésio, são os atletas de competições devido às perdas elevadas pela urina e pelo suor em períodos de treinamento intenso e, atletas de atividades com padrão estético rígido (balé, ginástica olímpica), pois, tendem a consumir na dieta, quantidades inadequadas de Magnésio. Inclusive, por esta razão, especula-se que a adequação de Magnésio em atletas, seja 10% a 20% maior do que as recomendações atuais para indivíduos sedentários do mesmo sexo e faixa etária. (4)

A deficiência de Magnésio no organismo pode causar tremores, espasmos musculares, mudanças de personalidade, danos cardíacos, anorexia, náuseas e vômitos.

Conhecendo o Ácido Málico presente no Magnésio Dimalato

Ácido Málico presente no Magnésio Dimalato

O Ácido Málico é um composto orgânico naturalmente encontrado em algumas frutas como maçãs, cranberries e certos tipos de uvas. O Ácido Málico também é sintetizado pelo corpo humana através do ciclo de Krebs, que é um mecanismo de conversão do glicogênio em energia, ou seja, gera energia ao organismo por meio dos alimentos ingeridos.

O Ácido Málico é o único metabólito do Ciclo de Krebs que está relacionado positivamente com a atividade física. Ele demonstrou ser um poupador de oxigênio por conter carboidrato em sua composição. A respiração das mitocôndrias induzida pelo exercício físico está associada a um acúmulo de Ácido Málico no organismo. Devido às convincentes evidências de que o Ácido Málico desempenha um papel fundamental na produção de energia, especialmente durante as condições hipóxicas (baixa concentração de oxigênio nos tecidos), os suplementos de Magnésio Dimalato foram examinados quanto aos seus efeitos sobre a Fibromialgia.

Na fibromialgia, acredita-se que o Ácido Málico possa prevenir a hipóxia nos tecidos musculares, ajudando os músculos a obterem mais oxigênio, melhorando a produção de energia nas células musculares e prevenindo a ruptura do tecido muscular.

Fibromialgia por falta de Magnésio

Em estudo realizado para atestar a eficácia da suplementação de Magnésio Dimalato no tratamento da síndrome da fibromialgia, 24 pacientes foram submetidos à dosagens diária de um suplemento de Magnésio Dimalato durante 6 meses. Os pesquisadores mediram a dor e a sensibilidade dos pacientes e obtiveram resultados significativos e positivos quanto aos sintomas avaliados. A conclusão do estudo foi que a suplementação de Magnésio Dimalato é seguro e pode ser benéfico no tratamento de pacientes com Fibromialgia. (6)

Tanto pessoas com Fibromialgia quanto indivíduos saudáveis podem optar pela suplementação de Magnésio Dimalato para aumentar a resistência atlética, considerando que do Ácido Málico age como um “acelerador” na entrega do oxigênio aos tecidos do músculo, afetando positivamente o desempenho e a recuperação do músculo após o exercício. Além disso, o Ácido Málico parece ter ainda função anti-inflamatória, podendo auxiliar na diabetes

Portanto, na suplementação do Magnésio Dimalato, você terá todos os benefícios essenciais que o Magnésio oferece ao organismo, aliado às benfeitorias do consumo do Ácido Málico.

Onde comprar Magnésio Dimalato Puro?

Você pode comprar Magnésio Dimalato puro no site da Natusvita 
O envio é realizado para todo o Brasil e você pode pagar em até 10X sem juros.

Ainda não conhece a Natusvita? Veja mais sobre a empresa neste vídeo aqui!

Não se deixe enganar por produtos que contenham bisglicinato de magnésio, óxido de magnésio, malato de magnésio (que é diferente do magnésio dimalato), você encontra o Magnésio Dimalato puro e certificado no site da Natusvita.

Referências Bibliográficas sobre Magnésio Dimalato:

  • 1. Institute of Medicine (IOM). Food and Nutrition Board. Dietary Reference Intakes: Calcium, Phosphorus, Magnesium, Vitamin D and Fluoride.Washington, DC: National Academy Press, 1997.
  • 2. Rude RK. Magnesium. In: Coates PM, Betz JM, Blackman MR, Cragg GM, Levine M, Moss J, White JD, eds. Encyclopedia of Dietary Supplements. 2nd ed. New York, NY: Informa Healthcare; 2010:527-37.
  • 3.Rude RK. Magnesium. In: Ross AC, Caballero B, Cousins RJ, Tucker KL, Ziegler TR, eds. Modern Nutrition in Health and Disease. 11th ed. Baltimore, Mass: Lippincott Williams & Wilkins; 2012:159-75.
  • 4. AMORIM, A. G. TIRAPEGUI, J. Aspectos atuais da relação entre exercício físico, estresse oxidativo e magnésio. Rev. Nutr. Campinas, vol. 21, n. 5, pp. 563-575. Setembro/Outubro de 2008.
  • 5. FISBERG, Regina Mara et al. Ingestão inadequada de nutrientes na população de idosos do Brasil: Inquérito Nacional de Alimentação 2008-2009. Rev. Saúde Pública. São Paulo, vol. 47, suppl. 1, pp. 222-230. Fevereiro de 2013.
  • 6.Russell IJ, et al. Treatment of fibromyalgia syndrome with Super Malic: a randomized, double blind, placebo controlled, crossover pilot study. Journal of Rheumatology. PubMed.gov. Vol. 22, n. 5, pp. 953-958. Maio de 1995.

103 respostas em “O que é Magnésio Dimalato? Para que serve? Quais os benefícios?”

Olá José,
O Cloreto de Magnésio e o Magnésio Dimalato tem por finalidade suplementar o Magnésio que não é suprido por meio da alimentação. A diferença entre eles é que um é acrescido de Cloreto e o outro de Ácido Málico. O correto é você optar pelo consumo de apenas um, para evitar super dosagem de Magnésio.

Olá Fabiana,
Ambos são suplementos à base de Magnésio, porém, o Magnésio Dimalato da NatusVita é composto apenas por Magnésio e Ácido Málico (puro). Já os suplementos Magnésio quelato ou bisglicinato de Magnésio, que existem no mercado são compostos por Magnésio e por algum excipiente. É sempre bom verificar a lista de ingredientes e a tabela nutricional dos suplementos para saber a composição dos produtos.

Olá Jeferson!
Sabemos que o Magnésio é um mineral essencial para o bom funcionamento do organismo e para a manutenção da saúde, pois, ele participa de mais de 300 reações orgânicas do corpo. Entretanto, não possuímos informações a respeito da sua relação com a neuropatia. É importante você procurar o seu médico para tirar suas dúvidas e para ele adequar o melhor tratamento para o seu caso.

Srs.
Gostaria de saber, se no meu caso – com pedra no rim e já com um tamanho de 1,6 CM , se seria melhor o cloreto de magnésio ou o magnesio dimalato ? Algum deles me faria o benefício de diminuir esta pedra e até expeli-lá, e qual seria ?
Grata e aguardo sua resposta.

Olá Preta!
Não possuímos informações de contra indicação de suplementação de Magnésio para quem tem amenorréia. Até porque tanto o Magnésio Dimalato, quanto o Cloreto de Magnésio são suplementos à base de Magnésio, que visam adequar suas necessidades diárias do mineral magnésio, que pode não estar sendo satisfatoriamente oferecido por meio da alimentação. Ambos podem ser consumidos no seu caso, entretanto, é sempre de bom tom procurar um médico ou nutricionista para que ele faça a prescrição de suplementação.

Olá Meri!
Antes de mais nada o ideal é que a sua mãe mantenha uma dieta prescrita por um profissional nutricionista e, que nenhuma suplementação deve substituir uma alimentação saudável e equilibrada aliada à exercícios físicos.
O mineral magnésio é muito indicado para pessoas hipertensas e com distúrbios cardíacos. Não há contra indicação do uso de Magnésio Dimalato para hipotireodismo e doenças relacionadas ao coração. Entretanto, para a sua mãe o ideal é que ela procure um médico ou fale com o seu nutricionista para prescrever a suplementação, pois, acredito que ela faz uso de medicamentos.

Prezado, bom dia. Eu fiz tratamento de hepatite C com sofosbuvir e declatasvir, ainda não comecei o tratamento da cirose hepática como também, tenho problemas de varizes no esôfago. Daí então, posso tomar o Magnésio Dimato? Grata pela atenção e por responder. Izabel.

Olá Antonio!
O Magnésio Dimalato é um suplemento a base de Magnésio. Sabemos que o Magnésio é um mineral muito importante para o organismo, por participar de mais de 300 reações bioquímicas, por isso, está relacionado a saúde e ao bem estar geral. Não possuímos informações sobre a relação do Magnésio Dimalato com Hérnia de Hiato especificamente.

Olá Celia!
A porção diária de Magnésio Dimalato da NatusVita são de 02 cápsulas ao dia. Cada cápsula oferece 120mg de Magnésio, logo, 02 cápsulas oferecem 240mg de Magnésio, o restante da composição da cápsula é de ácido málico.

Olá Antonia!
A orientação geral é que o consumo de magnésio por meio de suplementação não ultrapasse 260mg. Precisamos levar em consideração que também consumimos o magnésio por meio da alimentação.
Teoricamente, se o multivitamínico que o médico lhe receitou contém 200mg de magnésio, isso quer dizer que você pode consumir mais 60mg de magnésio oriundo do Cloreto de Magnésio. Entretanto, o ideal é que você converse com o seu médico para ele lhe orientar de forma individualizada.

Olá Joana!
Não temos conhecimento de que o Magnésio Dimalato possa causar alguma reação adversa em pessoas com refluxo gástrico, artrite reumatoide e pré-diabéticos. Entretanto, no seu caso, quando há patologias específicas e/ou uso de medicamentos, nossa orientação é que um profissional nutricionista ou médico seja consultado.

Olá Eloize!
É provável que seu médico lhe orientou à uma dieta sem glúten e sem lactose por conta das suas queixas de “inchaço e dores no estômago”. Alguns profissionais acreditam que o o glúten é pró inflamatório e sabem que também é muito comum as pessoas desenvolverem intolerância à lactose e o consumo desses dois nutrientes EM ALGUMAS PESSOAS pode desencadear dores abdominais, cólicas, distensão abdominal, diarréia… Entretanto, para a excluir de sua dieta o glúten e a lactose, o ideal é realizar os exames de sensibilidade/alergia para comprovar que o seu desconforto gastrointestinal seja decorrente da exposição ao glúten e/ou a lactose.
Quanto a suplementação com o Magnésio, existe uma diretriz inclusive internacional para pessoas hipertensas no qual incentiva o consumo de magnésio. Dentre outras funções, o magnésio auxilia na manutenção da pressão arterial. O ideal é manter uma dieta rica em magnésio (frutas, sementes, folhas, verduras, feijões) e fibras e, praticar atividade física.
Sugiro procurar um profissional nutricionista ele sim é o mais indicado para lhe prescrever uma dieta, que acordo com suas necessidades, patologias e hábitos de vida.

Olá Djane!

O Magnésio Dimalato é um suplemento composto por magnésio e ácido málico e visa adequar os níveis de magnésio no organismo. Casos específicos como o seu e que são acompanhados de uso de medicamento, devem ser orientados por um médico.

Olá Tácio!

O prazo de validade do Magnésio Dimalato é de 2 anos a partir da data de fabricação. Possivelmente você irá comprar um lote com fabricação dentro do mesmo mês, ou seja, se você comprar neste mês de janeiro, é bem provável que você receba um lote com fabricação em janeiro/2018 e validade em janeiro/2020.

Olá Carlos!
É preciso entender que o Magnésio Dimalato é um suplemento alimentar, cuja principal finalidade é complementar a alimentação de forma a suprir as necessidades de magnésio no organismo. Diferente dos fármacos que possuem princípio ativo com finalidade específica, não podemos alegar/garantir uma ou outra propriedade ou atuação sob alguma desordem no organismo com o consumo do Magnésio Dimalato.
Entretanto, alguns de nossos clientes que consomem o Magnésio Dimalato relataram melhora na qualidade do sono.
O correto é investigar a causa do seu problema com profissional habilitado para que ele realize as devidas orientações.

Vocês disseram que não vinha acréscimo de nenhuma outra substância no produto, mas na leitura dos ingredientes verifica-se que há Dióxido de Titânio. Gostaria de saber para que serve essa substância e se ela não faz mal a saúde?

Olá André!

O conteúdo interno da cápsula do Magnésio Dimalato é composto por APENAS Magnésio Quelado e Ácido Málico. O dióxido de titânio referido no rótulo é empregado em quantidade muito pequena na composição da cápsula gelatinosa. O Dióxido de Titânio é regulamentado como um aditivo do tipo corante que tem sua permissão de uso em alimentos, medicamentos e cosméticos desde 1960. Ou seja, ele está inserido em inúmeros produtos de consumo diário, por ter sua seguridade comprovada.

Olá Regina!

Por ser um suplemento alimentar natural que visa suprir as necessidades do organismo do mineral magnésio, o Magnésio Dimalato não poderia causar efeitos adversos em pessoas saudáveis. A única situação que desencorajamos o uso do Magnésio Dimalato é em pessoas com problemas renais e alguns casos com uso contínuo de medicamentos.
Os efeitos que você sentiu, são justamente o contrário das benesses relatadas pelo uso do Magnésio Dimalato. O Ácido Málico atua como um gerador de energia, já que é um dos compostos naturalmente produzidos pelo organismo no ciclo de Krebs. Os músculos, necessitam de magnésio para realizarem o seu trabalho (contração e relaxamento). Inclusive o coração necessita deste nutriente para realizar os “batimentos cardíacos” dentro da normalidade.
Você precisa investigar se mudou algo em sua rotina, ou em sua alimentação, se está tomando na quantidade certa, se você tem alguma patologia ou desordem que esteja evidenciando esses efeitos desagradáveis com o uso do Magnésio Dimalato. Descartadas as possibilidades, a orientação é que suspenda o consumo de Magnésio Dimalato.

Diferente dos medicamentos que possuem princípio ativo, não podemos alegar ou atestar sobre a sua atuação e/ou eficácia. Os suplementos nutricionais visam suprir os nutrientes que possam estar deficientes em sua alimentação. Por isso, pensamos que a mesma suplementação pode ser adequada para alguns e pode não ser a melhor estratégia para outros.
Nossa orientação é que toda suplementação deve ser prescrita e orientada por profissional nutricionista ou médico.

Olá Claudio!

O Magnésio Dimalato é um suplemento nutricional que visa oferecer o mineral magnésio, caso este não esteja sendo oferecido em quantidades necessárias via alimentação. Diferente dos medicamentos que possuem princípios ativos, o Magnésio Dimalato não deve apresentar reações adversas.
Pessoas com desordens renais ou que fazem uso de medicamento relacionados a cardiopatias, devem consultar o médico antes do uso do Magnésio Dimalato.
O excesso de magnésio no organismo pode causar náuseas, diarréia, pressão arterial baixa, fraqueza.

Olá Angélica!
É muito importante o acompanhamento do seu caso com um médico especialista.
O Magnésio Dimalato é um suplemento alimentar a base do mineral magnésio. Sabemos que este mineral é extremamente importante para centenas de funções no organismo e, uma delas pode estar relacionada com as articulações. Como trata-se de uma suplemento nutricional, que diferente dos medicamentos, não possui princípio ativo, não podemos confirmar a sua atuação no organismo, mas existem estudos que relacionam o Magnésio Dimalato (ácido málico) na melhora das dores nos casos de fibromialgia e relatos de melhoras nas dores articulares.
A Vitamina K2 é um nutriente que atua em sinergia com o magnésio e uma das suas funções é ajudar o corpo a conduzir o cálcio para a construção e manutenção dos ossos e a inibir a deposição de cálcio nas artérias.
Outro componente que atua sobre a articulação é o Colágeno Tipo 2. O Colágeno Tipo 2 é específico para a atuação nas cartilagens, ele ajuda na manutenção da estrutura e possui ação anti-inflamatória.

Olá Rafael!
O Magnésio Dimalato não é um medicamento, trata-se de um suplemento nutricional que visa oferecer quantidades adequadas do mineral magnésio ao organismo. Além disso, ele possui ácido málico que é um componente muito utilizado pelo corpo humano. Como ele não possui princípio ativo não temos como alegar seus benefícios quanto ao tratamento de doenças. Sabemos apenas que o mineral magnésio atua em mais de 300 reações no organismo e a sua deficiência pode estar relacionada a diversas desordens orgânicas.

Olá Nalva!

O Magnésio Dimalato da NatusVita é uma formulação pura que possui apenas o mineral magnésio e ácido málico. Ele não provoca o aumento de peso.

Olá Edmar!
Por se tratar de um suplemento nutricional e não um medicamento não há relatos que o álcool cause alguma reação se associado ao consumo de Magnésio Dimalato. Entretanto, o álcool pode ter efeito sobre o metabolismo do mineral magnésio em si. Estudos apontam que a presença de álcool no sangue se associou à diminuição das concentrações séricas (no sangue) de cálcio e magnésio. Os efeitos do álcool no metabolismo do magnésio ainda não são bem compreendidos, por isso, é de bom tom ter cautela no consumo de álcool, para que ele não prejudique os níveis ou a absorção de magnésio no organismo. Procure um profissional nutricionista, ele é o mais indicado pra lhe orientar sobre a sua suplementação.

Estou tomando o magnesio pa,minhas dores por artrite, artrose fibromialgia diminuíram, mais ainda dói muito.
Posso substituir o pagamento por outro mais forte com efeito mais rápido.
Mi respondam por favor.
Obrigada

Olá!
A suplementação com Magnésio pode ser um adjuvante no tratamento de dores articulares e fibromialgia, já que esta não possui cura. Você pode encerrar a suplementação com Cloreto de Magnésio P. A. e iniciar a suplementação com Magnésio Dimalato para verificar se há melhores resultados para o seu caso.
Lembrando sempre que não se trata de um medicamento, por isso, ambos não possuem princípio ativo e a suplementação deve ser orientada por profissional nutricionista ou médico.
Você pode enviar um e-mail para o natusvita@natusvita.com para tirar dúvidas de pedidos, preço, envio e condições de pagamento.

Olá Tam seis meses que estou tomando magnésio , tem mais disposição ,na minha profissão pego muito peso estava com muita dores no corpo agora bem melhor. gostaria de saber se posso tomar por muito tempo .esse suplemento.alice cuidadora de idosos.

Olá Alice,
Quem indica o período de suplementação é o profissional nutricionista ou médico.
Mas de forma geral, não há contra indicação do uso prolongado do Magnésio Dimalato para pessoas saudáveis.

Olá Liliane,
O Magnésio Dimalato é um suplemento nutricional natural e possui contra indicação reconhecida, em pessoas com distúrbios renais. Mas para o seu caso não há relatos de contra indicação, entretanto, aconselhamoss em casos específicos como o seu, a orientação médica, principalmente se fizer uso de medicamentos.

Olá Emilce,
Apesar de não haver informações de contra indicação do consumo de Magnésio Dimalato para diabéticos, é sempre aconselhada a orientação do seu médico de confiança. A dosagem a ser consumida, deve ser seguida conforme orientação médica ou nutricional, ou de acordo com o especificado pelo fabricante.

Olá Adriana!
Ambos possuem a mesma função que é suplementar o mineral magnésio. A diferença está na formulação deles: o Magnésio Dimalato é uma formulação pura que contém apenas ácido málico e magnésio quelato, já o Cloreto de Magnésio possui o mineral cloro e magnésio.
Apesar do Cloreto de Magnésio oferecer um pouco mais de magnésio, o Magnésio Dimalato parece ser melhor absorvido.
Você pode fazer a comparação dos dois produtos no site da NatusVita: https://www.natusvita.com.br/

Olá Maria!

Para a manipulação do mineral magnésio deve-se ter a prescrição do profissional nutricionista ou médico (medicamento). O profissional irá analisar a sua necessidade de forma individualizada e irá realizar todas as orientações de consumo.
De maneira geral o Magnésio Dimalato oferece uma boa dosagem do mineral magnésio que é de 240mg por porção (02 cápsulas).

Olá Tarcísio!
A vantagem é que o Magnésio Dimalato além de possuir magnésio quelato, também oferece em sua composição o ácido málico que é um composto produzido pelo nosso organismo muito importante para determinadas funções. Outro destaque é que ele não possui excipiente e nem aditivos químicos.

Olá Cesar,
Se a função renal não estiver comprometida, de maneira geral, não há contra indicação para o uso de Magnésio Dimalato.
Entretanto, casos específicos como o seu, orientamos procurar um médico para a prescrição de suplementação.

Olá Cesar,
Se a função renal não estiver comprometida, de maneira geral, não há contra indicação para o uso de Magnésio Dimalato.
Entretanto, casos específicos como o seu, orientamos procurar um médico para a prescrição de suplementação.

Olá Cesar,
Se a função renal não estiver comprometida, de maneira geral, não há contra indicação para o uso de Magnésio Dimalato.
Entretanto, casos específicos como o seu, orientamos procurar um médico para a prescrição de suplementação.

Olá Márcia,
No seu caso em que há diagnóstico específico, o ideal é você conversar com o seu médico sobre a liberação da suplementação com magnésio.

Olá Marcos,
Se você não possui nenhuma disfunção renal, você pode consumir 02 cápsulas de Magnésio Dimalato ao longo do dia. Pode ser antes das principais refeições. Para o se caso outra indicação de suplementação é o Colágeno Tipo 2, que está ligado à manutenção das cartilagens.
Enfatizamos que, para um melhor prognóstico é importante o acompanhamento médico e nutricional.

Olá boa tarde
Faço musculaçao a 4 anos, procuro diminuir o indice de gordura corporal, já perdi 19 kg porém ando cansada, unha fracas, queda de cabelo e sem animo para os treinos.
Gostaria de saber se o magnesio dimalato me ajudaria, e em que?

Olá Lucinei!
Você precisa verificar se a sua alimentação não está muito restrita, tanto em calorias quanto em nutrientes essenciais. Os eventos relatados podem estar relacionados com a falta de nutrientes de maneira geral. O Magnésio Dimalato é um suplemento a base do mineral magnésio e do ácido málico. O magnésio participa de mais de 300 reações metabólicas no organismo, desde a respiração, movimento muscular, batimento cardíaco, até o metabolismo energético. O ácido málico participa do ciclo de krebs, por isso, é importante na geração de energia. Neste sentido, o Magnésio Dimalato pode auxiliar no aporte de magnésio e por consequência na melhora do funcionamento do organismo como um todo. Entretanto, você precisa investigar se o aporte dos demais nutrientes essenciais está adequado, para obter um resultado mais positivo.
Procure um profissional nutricionista, ele é o mais indicado para lhe orientar.

. Boa Tarde Goataria de saber se o Dimalato DE magnésio Ele é bom para enchaço dos membros superiores digo pernas e pé e se tem alguma contra indicação para quem faz uso do medicamento para hipotirodismo e pressão arterial também tenho algumas crises de Labirintite . Aguardo Resposta Obrigado

Olá Marinalva,
Não existe relação direta do efeito do Magnésio Dimalato sobre a melhora de edemas. O Magnésio Dimalato é um suplemento a base do mineral magnésio, que diferente dos medicamentos, não possui princípio ativo. Sabemos que o magnésio é essencial para a saúde humana e para o bom funcionamento do organismo de maneira geral. Para o seu caso, não há contraindicação, entretanto como há uso de medicamentos, orientamos que procure ajuda profissional de um médico ou nutricionista para orientar sobre a suplementação.

Boa tarde minha esposa faz uso de antidepressivos tais como topiramato, clonazepam,stanelize, trazodona, venlafaxina e ela comprou magnésio dimalato de 500mg e começou a tomar 2 cápsulas por dia sem procurar o médico será q pode fazer mal

Olá André,
Em casos de tratamento medicamentoso, não se deve iniciar qualquer suplementação sem orientação médica ou nutricional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *