Categorias
Nutra-se Saúde em Foco

Diferença entre Magnésio Dimalato e Cloreto de Magnésio

Antes de mais nada você deve saber que tanto o Cloreto de Magnésio como o Magnésio Dimalato são fontes de magnésio, ou seja, você obtém este mineral de ambas as substâncias.

O magnésio, por si só é um mineral importante para saúde pois auxilia na saúde do coração, ossos, hormônios, sistema nervoso e até de seus dentes. A verdade é que cada célula do corpo humano depende do magnésio para funcionar!

Tente adivinhar onde está a maior concentração de magnésio em seu corpo…em seu cérebro e coração! Por isso a sua falta pode ser fatal.

Estudo de longo prazo, publicado no American Journal of Clinical Nutrition, demostrou que o risco relativo de morte súbita cardíaca (SCD) foi significativamente menor nas mulheres com maiores índices de magnésio. Cada incremento de 0.25-mg/dL de magnésio no plasma foi associado a um risco 41 por cento menor de SCD.

Existem, de fato, algumas evidências que sustentam a relação entre magnésio e saúde do coração, e voltando à década de 1930, médicos costumavam prescrevê-lo para doenças cardíacas.

Como escrito em Magnífico Magnésio, publicado pela primeira vez na revista da Fundação Weston A. Price: “O magnésio trabalha em conjunto com o cálcio para regular os impulsos elétricos na célula – a concentração de magnésio no interior das células saudáveis é 10 mil vezes maior que a do cálcio, e há razões cruciais para esta precaução.”

Parte do benefício parece estar relacionado ao seu efeito sinérgico sobre o cálcio que ajuda a regular os impulsos elétricos e evita o depósito de cálcio nos tecidos moles.

O Magnésio é responsável por mais de 300 reações bioquímicas em seu corpo. Como afirma a Weston Price Foundation : “O magnésio é tão importante para várias funções vitais do corpo, e sua deficiência está essencialmente envolvida em tantas doenças (…). A lista atual de transtornos com relações diretas e confirmadas com deficiência crônica e aguda de magnésio é longa, e inclui muitas doenças, as quais o tratamento médico convencional, normalmente, não trabalha a insuficiência de magnésio.

Magnésio Dimalato – Saiba mais sobre

Magnésio Dimalato em cápsulas

Além do magnésio (cujos benefícios estão relacionados acima) você também encontra em conjunto o Ácido Málico. O Ácido Málico é um ácido orgânico. Este ácido é formado em ciclos metabólicos nas células de plantas e animais, incluindo seres humanos. Nos dois ciclos, o de Krebs e glioxilato, é fornecido energia as células e auxilia a formação de aminoácidos.

O ácido málico é empregado em casos de fibromialgia (síndrome crônica caracterizada por queixa dolorosa musculoesquelética difusa e pela presença de pontos dolorosos em regiões anatomicamente determinadas) e cansaço crônico. Segundo propõe-se, o ácido málico pode reverter a inibição da glicólise e da produção da energia afetadas pela hipóxia, possibilitando aumentar a produção de energia na fibromialgia e reverter o efeito negativo da hipóxia relativa. O ácido málico parece ter ainda função anti-inflamatória, podendo auxiliar na diabetes.

Detalhando: O vínculo entre o magnésio e ácido málico é fraco, tornando mais fácil para o corpo quebrar essa ligação e ter uma melhor absorção. Como você leu acima, o ácido málico é um componente chave da produção de energia no corpo, por isso os especialistas em saúde preferem esta forma para auxiliar no combate a fibromialgia e síndrome da fadiga crônica.

No site da NatusVita você encontra o Magnésio Dimalato Puro, sem adição de outros ingredientes.

Cloreto de Magnésio PA – Saiba mais sobre

Cloreto de Magnésio em cápsulas

Você obtém o magnésio combinado com Cloro (expressado quimicamente como MgCl2 – significa que é constituído por um íon de Magnésio e dois de Cloro).

Adquiriu popularidade pois têm-se como uma das melhores formas de consumir magnésio de forma sintética, vez que é melhor assimilado pelo organismo devido a maior biodisponibilidade, a biodisponibilidade é a quantidade e velocidade na qual o princípio ativo é absorvido.

Quanto maior a disponibilidade, maior a porcentagem da absorção da substância pelo intestino.

O Cloreto de Magnésio não é aconselhável para pessoas que possuem distúrbios digestivos.

Onde Comprar? Na Natusvita você pode comprar Cloreto de Magnésio e pagar em até 10X sem juros. O envio é realizado para todo Brasil.

220 respostas em “Diferença entre Magnésio Dimalato e Cloreto de Magnésio”

Olá, Silaine;

Antes de mais nada, como trata-se de um suplemento mineral, é sempre recomendado consultar seu médico ou nutricionista. Na verdade, não há nada que impeça você em consumir ambos os produtos, desde que como dito, você siga as recomendações de seu profissional de saúde.

Olá, Noelia;

Não há um melhor ou pior, depende exclusivamente de suas necessidades, que são específicas para cada indivíduo. O que é bom para você, pode não ser o ideal para outra pessoa.

A diferença reside na quantidade de magnésio que cada uma dessas fontes contém, além do fato de que no Magnésio Dimalato também há “ácido málico”.

Lembrando que o ideal é consultar seu médico ou nutricionista que está apto a indicar qual o melhor para você.

Eu NÃO tenho fibromialgia. Tenho contrações musculares quase que diariamente. Meus intestinos funcionam bem.
Tomo medicamento para pressão alta ( maleato de enalapril, besilato de anlodipino e clortalidona ). Tambem tomo rosuvastatina cálcica 10 mg para um colesterol total de 199 em exames feitos em julho. Desde que comecei a tomar as contrações musculares aumentaram!

Posso tomar o magnesio dimalato ?

Grata
Erminia

Olá, Erminia;

Veja que as informações contidas nesse artigo são a título de conhecimento geral.

Antes de começar o uso de qualquer suplemento o ideal é consultar seu médico ou nutricionista, que é justamente o profissional que já conhece seu histórico e está apto a indicar qual a melhor opção para você.

Olá, Michael;

Não existem restrições sobre consumir os produtos em conjunto, em uma primeira análise, todavia você deve consultar seu médico ou nutricionista para verificar seu caso em específico.

Olá, Rosiane;

A princípio, não existem restrições para você pode ingerir os dois em conjunto, entretanto sempre reforçamos que o ideal é consultar seu nutricionista ou médico que irá verificar as suas carências específicas de magnésio.

Lendo as perguntas dos internautas e as respostas da NatusVita onde diz:
Lembrando que o ideal é consultar seu médico ou nutricionista que está apto a indicar qual o melhor para você. Já falei com um medico sobre isso´parece que desconhece ou não tem interesse. O que fazer? Compra e toma os dois?

Olá, Ione;

Você também pode consultar um nutricionista que é o profissional que está apto a verificar suas carências nutricionais e ver a necessidade do seu organismo em relação ao magnésio, por exemplo. Sempre recomendamos consultar um especialista, pois é quem melhor pode averiguar o que seu corpo realmente precisa em relação a vitaminas e minerais.

Olá, Flávia;

Ambos são boas fontes de magnésio, todavia o Magnésio dimalato possui ácido málico em sua composição, o que pode auxiliar melhor dependendo do que deseja.

Sempre reforçamos que em casos onde há uma condição de saúde que se necessita de tratamento, o ideal é justamente consultar o médico e/ou nutricionista que acompanha seu caso.

Uma interessante seria a combinação do mineral magnésio com outros minerais sem perda na absorção de um para o outro.
Esses minerais são cada vez.mais escassos em nossa dieta moderna, a questão é:
Que outros mimerais combinam.com o magnésio?

Olá, Russo;

Sua questão é relevante. Realmente a questão da absorção do magnésio, sabe-se que sua biodisponibilidade (absorção) pode ser diminuída na presença de fitatos (contido em cereais), conforme estudo de FAIRWEATHER-TAIT, 1996. Também, dependendo da quantidade que se ingere de cálcio, o organismo pode ter dificuldades na absorção do magnésio (estudo de COUZY et al., 1993).

Porém, é necessário ressaltar que tudo depende da alimentação de cada indivíduo, que nesse caso pode ou não estar consumindo todos os minerais e vitaminas necessários, todavia apesar através de exames clínicos é possível determinar a necessidade de suplementação ou não, em razão disso, o aconselhamento de sempre buscar informações sobre seu caso com seu médico ou nutricionista que está apto a verificar as suas necessidades.

Olá ! Meu Noma é Sueli Sabadin , tive um problema de PT I púrpura, membros superiores e inferiores tomados de manchas roxas ..depois de 3 anos e meio fiz a retirada do Baço. Depois disso minhas plaquetas se normalizou .mas devido tomar muito medicamento a base de cortisona durante o tratamento antes da cirurgia onde fiz a retirada do baço tive outros problemas., fibromialgia por 2 vezes reumatismo , fenômeno de Reno, e outras ccoisas.fiquei sabendo do cloreto de magnésio. Mas tenho dúvidas sera que posso fazer uso do cloreto de magnésio por não ter o baço?

Olá, Sueli;

Seu caso é complexo, veja que há diversas implicações narradas por você. As informações contidas aqui em nosso Blog são de carácter geral. Apenas quem pode aconselhar você corretamente e verificar se a suplementação com o cloreto de magnésio será eficiente e ainda possível é o médico ou nutricionista que já trata de seu caso.

Olá, Carla;

Os produtos citados servem justamente para auxiliar seu organismo a obter estas vitaminas e minerais. O “Cloreto de magnésio” é uma fonte de magnésio elementar. O Cloreto de magnésio contém cerca de 12% de magnésio elementar, o mesmo que dizer que a cada 100 gramas de Cloreto de Magnésio você irá ter 12 gramas de magnésio puro.

Meu nome é Margarida ontem dei a meu sobrinho o cloreto de magnesio e iodo pois ele tem muita dor no estomago e teve bacteria,mas hoje olhando qual a diferença entre magnêsio e cloreto eu li que quem tem problemas digestivos não pode usar e agora, Dr Lair fala que é bom para o estomago agora não sei o que fazer.Dr Lair diz que os medicos não gostam de passar estas coisas natuarais ele não vai recomendar.

Olá Monica,
Quem poderá suspender ou substituir sua medicação é somente seu médico. Procure-o e tire as suas dúvidas! Lembrando que as informações contidas aqui em nosso Blog são de carácter geral. Apenas quem pode aconselhar você corretamente e verificar se a suplementação com o cloreto de magnésio será eficiente e ainda possível é o médico ou nutricionista.

Olá Claudia,
Você pode procurar outro profissional nutricionista para tirar sua dúvidas, ou um nutrólogo de sua confiança. Fique ligada no blog, que em breve abordaremos mais sobre o Cloreto de Magnésio!

Olá Roberto,
As informações contidas aqui em nosso Blog são de caráter geral, porém, embasados em estudos científicos. Apenas quem pode aconselhar você corretamente e verificar se determinada suplementação será possível ou eficiente é o médico ou nutricionista, pois, o atendimento deve ser individualizado e personalizado de acordo com as sua características fisiológicas e demais situações.

Olá, Marina;

Vale lembrar que o cloreto de magnésio e justamente uma forma de você suplementar a carência do mineral magnésio. O ideal é sempre você consultar seu médico ou nutricionista para verificar suas necessidades nutricionais.

Olá, Claudia! Apenas uma observação inicial: magnésio de malato e magnésio dimalato são produtos diferentes. O recomendado de magnésio para uma pessoa normal é 260mg ao dia. Mas veja bem: Magnésio essencial. O Magnésio Dimalato contém 30% de magnésio elementar.

Sempre é de bom tom, consultar um médico antes antes de fazer uso de qualquer suplemento alimentar.
Especialmente no caso em questão p cloreto de magnésio P.A ou o magnésio dimalato, não são todos os médicos que os receitam.
Os profissionais da saúde, os quais estão sintonizados com o cloreto de magnésio. São: Médicos ortomoleculares, homeopatas, naturopatas e fitoterapeutas.

CLORETO DE MAGNÉSIO P.A/MAGNÉSIO DIMALATO.
Pelo que pude entender , é que o MAGNÉSIO DEMALATO, após manipulado, tem o acréscimo do ÁCIDO MÁLICO. Quanto ao Cloreto de Magnésio P.A (em embalagem lacrada, direto do Laboratório), não sofre acréscimo de outro componente. Os dois são ótimos, mais minha opção é pelo Cloreto de Magnésio P.A, pois já faço uso dele, já faz 2 anos e sempre me dei bem com ele.

Olá Washington, o Cloreto de Magnésio é composto por um íon de Magnésio e dois de Cloro, já o Magnésio Dimalato é composto por Magnésio e Ácido Málico. Realmente, os dois são excelentes suplementos utilizados na promoção da saúde. O ideal é sempre procurar um médico ou nutricionista, para que este indique qual a melhor forma de suplementação.

Olá Antônio, o ideal é que você opte ou pelo Magnésio Dimalato ou pelo Cloreto de Magnésio P. A, analise qual você se adapta melhor. O consumo de apenas um suplemento, lhe garantirá o aporte seguro de Magnésio, sem que haja superdosagem. Tendo em vista que o Magnésio está presente naturalmente em alguns alimentos (vegetais folhosos, sementes oleaginosas, cereais integrais, frutas, legumes e feijões), a suplementação irá complementar a sua alimentação. Lembrando que a suplementação deve sempre ser orientada por nutricionista ou médico.

Olá Alvacy,
Magnésio Quelado, quer dizer que ele passou por um processo de quelação, ou seja, ele foi combinado com um composto orgânico, como um aminoácido para aumentar a sua biodisponibilidade e evitar interação com outro nutriente. Trocando em miúdos, trata-se de uma modificação na sua estrutura química.
O Magnésio Dimalato, é o mesmo mineral Magnésio adicionado com Ácido Málico. Juntos estes dois compostos, atuam em vários processos no organismo, na promoção da saúde.

Olá Marlene!
A principal diferença é que o Magnen B6 é um medicamento, cuja composição é Magnésio e Vitamina B6. Já o Cloreto de Magnésio e o Magnésio Dimalato são suplementos alimentares à base de Magnésio. Porém, todos são compostos por Magnésio elementar em quantidades diferentes.

voces responderam nao sei se pra mim ou pra outro Antonio mas o importante e que tirou minha duvida porem eu tentei comprar nas farmacias mas nao encontrei nas farmacias comum so consegui nas de manipulacao e so o cloreto de maguinesio p a e eu quero o dimalato co eu faco.

Olá Silvana!
O ideal é que você opte ou pelo Magnésio Dimalato ou pelo Cloreto de Magnésio P. A, analise qual você se adapta melhor. O consumo de apenas um suplemento, lhe garantirá o aporte seguro de Magnésio, sem que haja superdosagem. Tendo em vista que o Magnésio está presente naturalmente em alguns alimentos (vegetais folhosos, sementes oleaginosas, cereais integrais, frutas, legumes e feijões), a suplementação irá complementar a sua alimentação. Lembrando que a suplementação deve sempre ser orientada por nutricionista ou médico.

Tenho problema de desgaste nas articulações, principalmente nos joelhos e também reumatismo e artrose…gostaria de saber qual o melhor no meu caso para tomar, o cloreto de magnésio ou magnésio malato ??

Olá Lazara!
Gostaria de lembrar que tanto o Cloreto de Magnésio P. A. quanto o Magnésio Dimalato tratam-se de suplementos à base de Magnésio, os quais irão oferecer, aliado à alimentação, a sua necessidade de Magnésio diária.
Para usufruir dos benefícios do Magnésio sobre a sua saúde em especial à sua condição de desgastes nas articulações, você pode consumir o Cloreto de Magnésio P. A., como tentativa de abrandamento dos sintomas associados da artrose e do reumatismo.
Você deve procurar um médico para acompanhar a suplementação e a evolução da sua condição, para se necessário for, introduzir um tratamento mais expansivo.

Olá Elizabeth!
Você pode visitar o site da Natusvita e esclarecer suas dúvidas: https://www.natusvita.com.br/. Lá você encontra a opção “fale conosco” e a opção “Deixe sua mensagem aqui!”, que fica bem no canto direito inferior. Se mesmo assim, não obtiver sucesso ligue-nos no telefone: (048) 3344-5320, lá você tira dúvidas de preço, entrega, condição de pagamento e muito mais!

Olá Elisvaldo!
A tendência é que o Magnésio ajude nos sistemas digestivos, por isso, ele faz parte da composição de muitos medicamentos para tratar de condições de acidez estomacal, como o refluxo e gastrite. O Magnésio está ligado à produção do Ácido Clorídrico.
O ideal é procurar um médico para tratar a sua gastrite. Ele vai orientar e te encaminhar ao melhor tratamento.

Olá Gislene,
O Magnésio Dimalato e o Cloreto de Magnésio P. A. são suplementos que auxiliam a repor a quantidade de Magnésio que seu corpo necessita diariamente. Ambos desempenham papel importante na promoção da saúde e no bem estar geral. Casos específicos como o seu, devem ser tratados diretamente com um médico especialista.

Olá Girlanda,
O Magnésio Dimalato auxilia a suprir a quantidade de Magnésio que seu corpo necessita diariamente. Ele desempenha papel importante na promoção da saúde e no bem estar de todo o organismo. Casos específicos como o seu, devem ser tratados diretamente com um médico especialista.

Olá Elisângela,
Sabemos que o mineral Magnésio, atua na contração do músculo liso e atua na promoção da saúde de uma maneira geral. Mas casos específicos como o seu, com quadros de desordem em alguma função do organismo, o correto é conversar com um médico para verificar qual é o mais indicado.

Ola,meu esposo teve p.a.de 17•10,apesar de todos seus exames estarem normais,de ter uma dieta balanceada,sem uso de sal refinado,etc…assisti um vídeo de um cardiologista,de Lair Ribeiro,dizendo que essa substancia,o cloreto de magnésio,pode estabilizar em alguns casos a pressão arterial,isso procede?
Obgd.

Olá Tanya,
Muitas pessoas utilizam o Cloreto de Magnésio para manter a saúde geral e do músculo cardíaco. Apesar de haver relatos da suplementação do Cloreto de Magnésio com efeito positivo sobre a pressão arterial, não podemos alegar isso. O Cloreto de Magnésio é um suplemento que visa aumentar o consumo diário de Magnésio.
Portanto é importante salientar que deve-se ter o acompanhamento de um médico para monitorar a pressão sanguínea e manter uma dieta saudável, aliada à prática de atividade física.

Olá Alferes,
O Magnésio Dimalato e o Malato de Magnésio são suplementos nutricionais à base de Magnésio acrescidos de Ácido Málico. A real diferença entre eles se dá pelo nome comercial, a dosagem de Magnésio por porção e que o MAGNÉSIO DIMALATO é uma formulação pura e exclusiva e, sem acréscimo de excipiente ou estabilizante. Uma formulação pura garante o aumento da biodisponibilidade dos nutrientes da composição e que você esteja consumindo apenas o mineral Magnésio e o Ácido Málico.

Olá Carlos,
Magnésio Dimalato e Malato de Magnésio são suplementos nutricionais à base de Magnésio acrescidos de Ácido Málico. A real diferença entre eles se dá pelo nome comercial, a dosagem de Magnésio e que o MAGNÉSIO DIMALATO é uma formulação pura sem acréscimo de excipiente ou estabilizante. Formado apenas por moléculas de Magnésio e ácido Málico. Nós da NatusVita trabalhamos com o MAGNÉSIO DIMALATO puro em cápsulas, ou seja, isso garante que você estará consumindo apenas Magnésio e Ácido Málico. O Magnésio Dimalato da Natusvita tem alta biodisponibilidade e é um produto de excelente qualidade, pois, trabalhamos com matéria prima certificada. O Magnésio Dimalato da Natusvita oferece 240mg de Magnésio por porção. Acesse nosso site e aproveite a promoção do Magnésio Dimalato: https://www.natusvita.com.br/magnesio-dimalato-puro-60-capsulas-p5238671/

Olá Gorete!
O Magnésio Citrato e o Cloreto de Magnésio não são a mesma coisa. O Magnésio Citrato é um suplemento à base de Magnésio e Ácido Cítrico, já o Cloreto de Magnésio é composto por Magnésio e Cloreto (íons de Cloro). Em forma de Cloreto de Magnésio, o Magnésio é melhor absorvido pelo organismo. Lá no nosso site, você encontra mais informação acerca do Cloreto de Magnésio: https://www.natusvita.com.br/cloreto-de-magnesio-p-a-120-capsulas-p5250895/

Olá Nivanda,
Cloreto de Magnésio e o “P.A.”, são um produto só. O Cloreto de Magnésio P. A. é um suplemento a base de magnésio, com intuito de suprir as necessidades diárias de magnésio, caso elas não estejam sendo supridas satisfatoriamente por meio da alimentação. O mineral magnésio é um nutriente essencial para a saúde humana e está ligado ao bem estar geral. Não podemos atestar seu efeito sob quaisquer desordem de saúde, por isso, casos específicos como o seu devem ser acompanhados por médico ou nutricionista.

Amigos, já tomo o Cloreto de Magnésio PA há mais de um ano, e me sinto muito bem com esse consumo.
Gostaria agora de tomar o Magnésio Dimalato NatusVita. Minha idéia é tomar o PA (uma xícara café) pela manhã e o Dimalato à noite antes de deitar….. acho que nessa proporção não há risco de superdosagem.
Que acham?

Olá Maurinho,
Realmente recebemos muitos retornos positivos com relação ao consumo do Cloreto de Magnésio sob o bem estar das pessoas.
Com relação à sua dúvida, não aconselhamos o consumo de dois suplementos à base de Magnésio concomitantemente, para evitar a superdosagem. Entretanto, se combinados, o seu consumo diário de magnésio via suplementação não deve ultrapassar 260mg, tendo em vista que você consome o Magnésio também por meio dos alimentos ingeridos diariamente (frutas, legumes, verduras, cereais, feijões). Lembrando que a orientação de suplementação deve ser sempre orientada por nutricionista ou médico.

Olá Fabio,
O Magnésio Dimalato e o Malato de Magnésio são suplementos nutricionais à base de Magnésio acrescidos de Ácido Málico. A real diferença entre eles se dá pelo nome comercial, a dosagem de Magnésio por porção e que o MAGNÉSIO DIMALATO é uma formulação pura e exclusiva e, sem acréscimo de excipiente, óxidos ou estabilizante. Uma formulação pura garante o aumento da biodisponibilidade dos nutrientes da composição e que você esteja consumindo apenas o mineral Magnésio e o Ácido Málico.

Olá Cláudia!
A tendência é que o Magnésio ajude nos sistemas digestivos, por isso, ele faz parte da composição de muitos medicamentos para tratar de condições de acidez estomacal, como o refluxo e gastrite. O Magnésio está ligado à produção do Ácido Clorídrico, por isso deve-se ter cautela.
O ideal é procurar um médico para tratar a sua gastrite. Ele vai orientar, tirar as suas dúvidas e te encaminhar ao melhor tratamento.

Olá Antonio!
Não há relatos de contra indicação para o consumo de Magnésio Dimalato ou Cloreto de Magnésio em pessoas com desordens na glândula tireóide. Para esclarecer mais dúvidas, procure um médico ou nutricionista.

Olá Climário!
Por se tratar de um suplemento nutricional e não um medicamento não há relatos que o álcool cause alguma reação se associado ao consumo de Magnésio Dimalato ou ao Cloreto de Magnésio. Entretanto, o álcool pode ter efeito sobre o metabolismo do mineral magnésio em si. Estudos apontam que a presença de álcool no sangue se associou à diminuição das concentrações séricas (no sangue) de cálcio e magnésio. Os efeitos do álcool no metabolismo do magnésio ainda não são bem compreendidos, por isso, é de bom tom ter cautela no consumo de álcool, para que ele não prejudique os níveis ou a absorção de magnésio no organismo. Procure um profissional nutricionista, ele é o mais indicado pra lhe orientar sobre a sua suplementação.

Faço uso de cloreto de magnésio há anos,de forma ininterrupta. Tomo 3 cápsulas ao dia conforme indicação do fabricante. Tenho tendinite crônica, por causa da digitação, e melhorei muito com o uso do cloreto de magnésio. Meu marido tem artrite reumatoide e também se beneficia do cloreto. Minhas dúvidas são: devo interromper o tratamento a cada 90 de? No meu caso e do meu esposo, ambos com problemas articulares, qual o melhor; magnésio dimalato ou cloreto de magnésio?

Olá Luciana!
Como não sabemos a quantidade exata de Magnésio que você consume (suplementação + alimentação) por dia, faça uma pausa da suplementação a cada 90 dias. Se você já consome o Cloreto de Magnésio e se adaptou bem à ele, com relação às dores articulares, vocês podem continuar com o Cloreto de Magnésio. Lembrando que trata-se de suplementação do mineral magnésio, portanto, ele pode servir como um tratamento paliativo. O ideal é procurar um médico para tratar sua desordem de forma mais eficaz.

Olá Leonardo!
O Magnésio Dimalato e o Malato de Magnésio são suplementos nutricionais à base de Magnésio acrescidos de Ácido Málico. A real diferença entre eles se dá pelo nome comercial, a dosagem de Magnésio por porção e que o MAGNÉSIO DIMALATO é uma formulação pura e exclusiva e, sem acréscimo de excipiente ou estabilizante. Uma formulação pura garante o aumento da biodisponibilidade dos nutrientes da composição e que você esteja consumindo apenas o mineral Magnésio e o Ácido Málico.

Olá tenho um filho de 3 anos e gostaria de dar o magnésio dimalato para ele, tem alguma contra indicação para a idade? Qntos mg são indicados para a idade dele? Pelo que vi o suplemento vem em cápsulas poderia furar a cápsula e misturar em algum suco ou iogurte, visto que ele ainda não tem maturidade para engolir um comprimido? Fico no aguardo.

Olá Sandra!
O Cloreto de Magnésio não é aconselhável para pessoas que possuem distúrbios digestivos. Até o momento não há registro de contra indicação de Magnésio Dimalato (02 cápsulas ao dia: https://www.natusvita.com.br/magnesio-dimalato-puro-60-capsulas-p5238671/) para refluxo esofágico, entretanto, casos específicos como o seu, o ideal é procurar um médico especialista para que ele oriente sobre a sua suplementação.

Olá Fábio!
Antes de mais nada o ideal é que você mantenha uma dieta saudável e equilibrada, para não sobrecarregar o músculo cardíaco. Nenhuma suplementação deve substituir uma alimentação saudável e equilibrada, e, nem o uso de medicamentos prescritos pelo seu médico cardiologista. O mineral magnésio é essencial para o bom funcionamento do organismo de forma geral e em especial para a saúde do coração. Ambos os suplementos são à base do mineral magnésio, mas você pode optar pelo Cloreto de Magnésio. Lembrando que casos patológicos como o seu, o ideal é que a suplementação seja orientada e acompanhada por um médico especialista.

fiz um exame de colonoscopia deu doença diverticular nao compricada no intestino ou seja nao inflamada . so me alimento com alimentaçao saldavel verduras e fibras , estou pensando em tomar cloreto de magnesio , qual vc indica o pa ou o dimalato ?

Utilizo cloreto de magnésio de forma ininterrupta há mais de cinco anos e com o tempo consegui controlar minha hipertensão, que no início nem com vários remédios eu conseguia. Entre os efeitos senti uma melhora no humor e concentração e a melhora na pressão arterial

Olá Marcelo!

É muito bom saber que apenas com a suplementação de magnésio você tem obtido resultados tão positivos com relação à sua saúde. O mineral magnésio é fundamental para quem tem pressão alta ou desordens cardíacas. Inclusive há um guia alimentar norte-americano que é muito adotado nacionalmente em que é preconizado o consumo de alimentos fonte de fibras e de magnésio para tratar a hipertensão. A sua melhora no humor pode estar relacionada as funções energéticas, pois, o magnésio atua em mais de 300 reações bioquímicas e dentre elas está a geração de energia.

Olá Diego!
O melhor será aquele que melhor o seu corpo responder. Ambos são suplementos à base de magnésio, porém, os resultados variam de pessoa para pessoa. Alguns clientes relatam que o Magnésio Dimalato proporcionou mais energia para o seu dia, melhorou a insônia, obteve melhora nos aspectos psicológicos (ansiedade, depressão…), amenizou dores musculares, reumáticas e articulares. Há alguns relatos sobre o Cloreto de Magnésio na diminuição da pressão arterial, melhora em cardiopatias, bem estar geral, regularização do intestino e tantos outros efeitos…
Queremos salientar que, esses benefícios são baseados em relatos comuns de clientes.
Sabemos o que o magnésio pode causar no organismo e suas funções metabólicas, mas não temos como afirmar qual o melhor dentre o Magnésio Dimalato e o Cloreto de Magnésio para cada pessoa.

Olá Lucia!
Temos um produto que alia o Cálcio, o Magnésio e a Vitamina D em sua composição, que é a DOLOMITA: https://www.natusvita.com.br/calcio-magnesio-e-vitamina-d-com-dolomita-60-capsulas-p3439305/. Talvez seria interessante para o seu caso. Você pode consumir o Magnésio Dimalato e o Cloreto de Magnésio P. A. juntos desde que a sua ingestão diária de magnésio não ultrapasse 260mg.
Converse com o seu médico ele poderá lhe orientar melhor!

Olá Lucia!
Acredito que nessa dosagem ultrapassaria os 260mg recomendados. Depende muito do fabricante do produto, pois o teor de Magnésio varia.
Você pode consumir 01 cápsula do Magnésio Dimalato da NATUSVITA + 02 cápsulas de Cloreto de Magnésio P. A. da NATUSVITA.
Magnésio Dimalato: https://www.natusvita.com.br/magnesio-dimalato-puro-60-capsulas-p5238671/
Cloreto de Magnésio P. A.: https://www.natusvita.com.br/cloreto-de-magnesio-p-a-120-capsulas-p5250895/

Olá Leandro!
Na formulação do Cloreto de Magnésio P. A. (para análise), são utilizadas fontes de magnésio com maior afinidade orgânica. Ou, são tipos de Magnésio que tem melhor absorção pelo organismo.

Olá Plácido!
O mineral magnésio é muito importante também para as plantas, portanto, quanto mais magnésio obtiver no solo mais elas se beneficiarão do mineral e maior será o seu teor de magnésio oferecido por meio do seu consumo. Por isso, as maiores fontes de magnésio são de origem vegetal.

Olá Elizabel!
O melhor será aquele que melhor o seu corpo “responder”. Ambos são suplementos à base de magnésio, porém, os resultados variam de pessoa para pessoa. Alguns clientes relatam que o Magnésio Dimalato proporcionou mais energia para o seu dia, melhorou a insônia, obteve melhora nos aspectos psicológicos (ansiedade, depressão…), amenizou dores musculares, reumáticas e articulares. Há alguns relatos sobre o Cloreto de Magnésio na diminuição da pressão arterial, melhora em cardiopatias, bem estar geral, regularização do intestino e tantos outros efeitos…
Queremos salientar que, esses benefícios são baseados em relatos comuns de clientes.
Sabemos o que o magnésio pode causar no organismo e suas funções metabólicas, mas não temos como afirmar qual o melhor dentre o Magnésio Dimalato e o Cloreto de Magnésio para cada pessoa.

Olá Tereza!
Você pode consumir o Magnésio Dimalato e o Cloreto de Magnésio P. A. juntos desde que a sua ingestão diária de MAGNÉSIO não ultrapasse 260mg, para isso, você precisa fazer um cálculo a partir do que está informado na tabela nutricional. Dos Produtos da NatusVita, você pode consumir ao dia: 01 cápsula de Cloreto de Magnésio P. A. da NatusVita e 01 cápsula de Magnésio Dimalato da NatusVita.
Você encontra esses produtos no link: https://www.natusvita.com.br/ListaProdutos.asp?IDLoja=13089&Digitada=True&Texto=magn%E9sio&x=0&y=0

minha filha tem diabete tipo I e hipotiroidismo, e faz uso de insulina e remédio para tireoide.
Li em algum lugar que quem toma hormônios de tiroide não pode fazer uso de magnésio dimalato ou cloreto de magnésio. Me esclareça por favor pois ela está querendo comprar.

Olá Sonia!

Não possuimos informações acerca da relação do consumo do Magnésio Dimalato com hormônios da tireóide. Casos específicos como o seu, em que há tratamento medicamentoso, o médico deverá ser consultado.

Olá Inês!
A indicação do consumo do Magnésio Dimalato é de 02 cápsulas ao dia, dosagens acima do recomendado devem ser orientadas por médico ou nutricionista. O Magnésio não possui contra indicação, apenas nos casos em que há problemas renais.

Olá Ananias!

O Magnésio Dimalato não possui contra indicação, entretanto no seu caso, quem poderá avaliar ou não se há problemas é seu médico. Lembrando que nos casos em que há tratamento medicamentoso, este não deve ser interrompido sem orientação médica.

Olá Roberto!
A orientação geral é que pessoas com problemas renais não façam uso de suplementação de magnésio sem orientação profissional. Quem poderá analisar se você poderá fazer uso de suplementos à base de magnésio é o seu médico.

OLA FACO USO DE OMEPRAZOL 20 mg POIS TENHO ESOFAGITE DE REFLUXO E PANGASTRITE LEVE MODERADA, QUANDO FICO SEM TOMA-LO APOS 2 DIAS SINTO QUEIMACOES E AZIA GOSTARIA DE SABER SE O MAGNESIO DIMALATO SERIA MELHOR PARA MIM POIS TOMEI O MAGNESIO P.A E ME DEU DIARREIA.

Olá Edilson!
Uma das causas de superdosagem de magnésio pode ser a diarréia, inclusive algumas pessoas tomam Cloreto de Magnésio P. A. para tratar a constipação. Você precisa verificar se estava tomando a dosagem correta ou investigar junto ao seu médico se a medicação pode ter interação com a suplementação de magnésio. O Magnésio Dimalato se consumido de forma correta não deve causar diarréia, visto que ele é um suplemento nutricional que visa apenas complementar a sua alimentação, talvez com ele você se adapte melhor.

Boa tarde. Estou tomando o Magnésio Dimalato há uns 15 dias. De lá pra cá tenho tido muita dificuldade para dormir. Sempre depois da uma da manhã. Já mudei e comecei a tomar de manha mas mesmo assim não adianta nada. O que pode ser?
O cloreto de magnésio me dava muita dor de estômago e o dimalato eu me adaptei bem, sem problemas digestivos.

Olá Alda!
O Magnésio Dimalato, assim como o Cloreto de Magnésio P. A. é um suplemento nutricional a base do mineral magnésio. Ele é um produto puro e não possui nenhum nutriente que tenha por reação o estímulo do sistema nervoso central. Muitos clientes nos retornam informando que consomem o Magnésio Dimalato justamente para melhorar a qualidade do sono. O máximo que ele pode influenciar é auxiliar o corpo na produção de energia (ciclo de krebs), por isso, ele pode ser tomado no período da manhã. Você precisa verificar se mudou algo em sua rotina que possa ser atribuída a essa dificuldade para dormir. Stress (preocupação, ansiedade), consumo de cafeína (chás, refrigerante de cola, chocolate), consumo de alimentos de difícil digestão no jantar, mudança na sua rotina de horários e atividades, adoção de atividade física à noite, uso de medicamentos, gravidez, distúrbio hormonal (menopausa, por exemplo). São muitos os fatores que podem influenciar negativamente na indução do sono, inclusive a claridade, uso de aparelhos eletrônicos muito próximos ao horário de dormir Esses fatores podem dificultar a produção da Melatonina que é o hormônio responsável pela indução do sono.

Olá Gustavo!
Como assim “passam mal”? O Cloreto de Magnésio P. A. é um suplemento alimentar natural a base do mineral magnésio. Por não ser um medicamento, ele sozinho, não pode provocar reações adversas. Nos casos em que o indivíduo consume doses ACIMA do recomendado, o Cloreto de Magnésio P. A. pode causar alguns desconfortos como náuseas e diarréia. Há relatos que quem tem gastrite ou desordens similares, o consumo do Cloreto de Magnésio P. A. também pode causar desconforto. Tanto o Cloreto de Magnésio P. A., quanto o Magnésio Dimalato são produtos seguros para pessoas saudáveis se consumidos conforme indicação do fabricante. Se o indivíduo possui alguma doença ou distúrbio ou, se há tratamento medicamentoso o médico deverá ser consultado.

Olá Luiz!

Comercializamos o Cloreto de Magnésio P. A. somente em cápsulas. São frascos de 120 cápsulas que oferecem na porção diária cerca de 260mg de magnésio.
A NatusVita desenvolveu o Cloreto de Magnésio P. A. em cápsulas, cujo consumo é super facilitado, já vem na dosagem certa e evita-se de sentir o gosto amargo do produto. A vantagem de ser consumido em cápsulas, além de evitar sentir o gosto desagradável, o Cloreto de Magnésio P. A. chega intacto no trato digestivo para que gradativamente a cápsula se dissolva e libere o seu conteúdo para posterior absorção dos nutrientes.
https://www.natusvita.com.br/cloreto-magnesio-pa-capsulas

Olá,
Já tomo cloreto de magnésio há uns dois anos, foi o que fez passar as dores da shicungunha e quando paro elas voltam, lendo a respeito do magnésio dilamato queria parar com o cloreto é fazer uma experiência com esse outro já que tem mais propriedades que o que eu tomo. Gostaria de saber se existe magnésio dilamato pra dissolver em água como o cloreto, achei mais eficiente que em cápsulas

Olá Valéria!

O Magnésio Dimalato é um suplemento nutricional puro a base do mineral magnésio que é acrescido de Ácido Málico, um composto muito utilizado pelo organismo. O Magnésio Dimalato é comercializado somente em cápsulas. O fato dele ser consumido em cápsulas não diminui a sua eficiência, pelo contrário, garante que o conteúdo da cápsula chegue intacto ao estômago para ser liberado e assim absorvido no intestino. Sem contar que o magnésio contido na formulação é quelado, o qual tem alta taxa de absorção pelo organismo, por conseguir passar por todas as barreiras da digestão.

Olá Sandra!
O melhor Cloreto de Magnésio é aquele com a designação “P. A.”.
A natusVita comercializa Cloreto de Magnésio P. A. que possui maior teor do magnésio e de absorção se comparado com o Cloreto que é diluído em água.

Destacamos as vantagens do Cloreto de Magnésio P. A. em cápsulas da natusVita:
*Oferece por porção 260mg do mineral magnésio que é 100% da recomendação diária para o público adulto;
*Além do Cloreto de Magnésio (MgCl2 – íons de Cloro e de Magnésio), em sua formulação é acrescido o magnésio quelado. Que é o mineral magnésio puro em sua forma com melhor absorção pelo organismo;
*O fato de ser em cápsulas, o consumo é facilitado, já vem na dosagem certa, não precisa diluir e o produto não apresenta sabor amargo, porque o pó fica protegido dentro da cápsula.
*O produto chega intacto no trato digestivo para que gradativamente a cápsula se dissolva e libere todo o seu conteúdo para posterior absorção dos nutrientes.

Olá Marilda!
A indicação do consumo do Magnésio Dimalato é de 02 cápsulas ao dia, para não extrapolar o requerimento do mineral magnésio para o consumo humano diário. Por isso, o consumo acima disso, não nos é permitido indicar. Entretanto, são muitas as variáveis que determinam qual a dosagem de minerais indicada para cada pessoa. O ideal é você procurar um profissional nutricionista para ele adequar a sua prescrição.

Ainda tenho dúvidas quantas cápsulas devo tomar ao dia do magnésio dimalato 400 mg para fibromialgia é verdade que teria que tomar somente a noite? Ele age no organismo por quantas horas cada cápsula ?

Olá Marilda!
A indicação para o magnésio dimalato é de 02 cápsulas ao dia. Você pode tomá-lo à noite. Diferente dos medicamentos, o Magnésio Dimalato não possui princípio ativo, não temos como saber ao certo quanto tempo ele ficará no organismo.

Olá Milton!

Ambos são suplementos a base do mineral magnésio, você pode fazer uso do Magnésio Dimalato e do Cloreto de Magnésio concomitantemente desde que, não ultrapasse o consumo de 260mg de magnésio por dia. Veja nas informações nutricionais quanto de magnésio cada suplemento possui e faça o cálculo. Se sentir alguns desconforto abdominal (diarréia, náusea) ou fraqueza muscular, opte por apenas um suplemento.

Olá Itamar!

O Magnésio Dimalato NÃO possui gosto amargo semelhante ao Cloreto de Magnésio. Pelo contrário, se provado, ele é levemente adocicado, que é uma característica do ácido Málico que é proveniente de certas frutas.

Olá Maria!
Em algumas pessoas o suplemento a base de magnésio ajuda a regular o intestino. Entretanto, só será possível saber ao certo as reações que você terá com a suplementação, com seu consumo efetivo. De acordo com relatos de nossos clientes, o Cloreto de Magnésio, está mais ligado à melhora da constipação, do que o Magnésio Dimalato.

Bom dia, verifiquei que vcs possuem o cloreto de magnésio que é contra indicado para quem tem problemas digestivos e o magnésio dimalato, gostaria de saber se esta segunda opção tb tem restrição para que tem problemas digestivos. tenho fibromialgia e comecei a recorrer a planta ora pro nobis para obter o magnésio.

Olá Andréia!
Não possuímos informações acerca de contra indicação do Magnésio Dimalato para quem tem problemas digestivos. Há muitos estudos sobre o ácido málico, que compõe o Magnésio Dimalato, sobre os benefícios no tratamento da fibromialgia.

Olá! Qual magnésio é mais indicado na ajuda à regulagem da pressão arterial? Comprei por engano o cloreto de magnésio e estou tomando há quase três meses, pois comprei vários frascos contendo 240 capsulas, tomando três vezes por dia. Li que o cloreto de magnésio contém sal, isso pode estar me prejudicando, uma vez que tenho pressão alta?

Olá Edimar!
O mineral magnésio em si, atua sob a regulação da pressão arterial. Inclusive existe um protocolo alimentar, no qual é indicado que pessoas hipertensas façam uma dieta rica em magnésio (dieta DASH) como terapêutica da pressão arterial aumentada. O “sal” contido no Cloreto de Magnésio não é o sal de cozinha (cloreto de sódio), aquele que atua elevando a pressão arterial. Por isso, o Cloreto de Magnésio sozinho não deve elevar a pressão arterial. Se você já é hipertenso, é de bom tom sempre monitorar a sua pressão arterial.

Olá Cleomar!
Na verdade a indicação de consumo do Cloreto de Magnésio P. A. da NatusVita é de 04 cápsulas ao dia. Esta dosagem não é “alta”, visto que, oferece 260mg de Magnésio elementar que é a quantidade diária indicada de consumo de magnésio para uma pessoa adulta. Lembrando que 500mg é o valor total da cápsula.

Olá Cleomar!
O mineral magnésio da formulação do Cloreto de Magnésio P. A. e o magnésio quelado possuem taxas de absorção similares, por isso, é difícil eleger “o melhor”. Até porque, um dos ingredientes do Cloreto de Magnésio P. A. da NatusVita, além do cloreto de magnésio é o magnésio quelado (bisglicinato de magnésio), que adicionamos à formulação para aumentar o teor de magnésio de alta biodisponibilidade. A melhor indicação, será o suplemento que você melhor se adaptar e melhor seu corpo responder aos seus efeitos. O Cloreto de Magnésio P. A. da NatusVita oferece por porção (04 cápsulas/dia) cerca de 260mg de magnésio 100% da IDR.

Olá Elenir,

O Pidolato de Magnésio é um medicamento, enquanto o Cloreto de Magnésio P. A. é um suplemento nutricional que oferece 260mg de magnésio por porção diária.

Olá Sandra!

O Cloreto de Magnésio e o Magnésio Dimalato tem a mesma finalidade que é oferecer o mineral magnésio. O melhor será aquele que melhor o seu corpo responder e se adaptar. Entretanto, no quesito absorção o Magnésio Dimalato ganha vantagem, além de ser uma formulação pura.

Olá Manoel,

Vai muito da tolerância do seu organismo. Mas, você pode tomar os dois suplementos concomitantemente, desde que, não ultrapasse 350mg de MAGNÉSIO por dia. Para isto você deve observar a quantidade de magnésio por cápsula que cada um possui (informação nutricional) e calcular.

Olá, há 6 meses sofro de refluxo que atinge principalmente a região da faringe e esofago causando aquele sintoma ruim de “bolo na garganta” já fiz diversos exames e foi constatado refluxo onde devo mudar a alimentação, perder peso e atividade física. Me fo receitado na ultima consulta o esomeprazol. Sinceramente, não vejo melhora nenhuma nesses remédios. Pesquisando na web li muito sobre o Magnésio PA.

Gostaria de saber se ele é benéfico para esse meu caso, e em caso positivo qual a dosagem indicado, se em cápsula ou não e o período a se tomar?

Agradeço muito se puderem me responder.
Att

Olá Edmond!
O Cloreto de Magnésio P.A. não é indicado para pessoas com sensibilidade gástrica e refluxo gastroesofágico.
Sugerimos que siga o tratamento medicamentoso e todas as orientações médicas.
O refluxo gastroesofágico pode ser controlado com mudanças principalmente na alimentação. Você deve evitar produtos industrializados, com alto teor de sódio, açucarados, gordurosos e bebidas alcoólicas.
Uma boa alimentação, com escolhas de alimentos mais naturais, podem perfeitamente reverter essa condição e você pode ter uma vida normal, sem desconfortos.
A mudança na alimentação é o principal tratamento para este caso, por isso, como todo tratamento, ele demanda tempo e dedicação para se alcançar os resultados esperados.

Olá Sandra!
Não há necessidade de trocar a suplementação. Se o seu organismo está se adaptando bem ao Magnésio Dimalato, pode continuar com ele.
Quanto a indicação de suplemento para a sua mãe, vai depender de alguns fatores, como uso de medicamento, presença de doenças. Normalmente, o Magnésio Dimalato acaba sendo melhor tolerado.
Lembrando sempre que a indicação e orientação de suplementação deve ser realizada por profissional nutricionista ou médico.

Olá Izabel,
O Magnésio Dimalato e o Cloreto de Magnésio P. A. são suplementos a base do mineral magnésio, que diferente dos medicamentos, não possuem princípio ativo. Sabemos que o magnésio é essencial para a saúde humana e para o bom funcionamento do organismo de maneira geral. Os dois suplementos visam oferecer o mineral magnésio em quantidades adequadas às necessidades do organismo, entretanto, o Magnésio Dimalato parece ter uma vantagem com relação ao Cloreto de Magnésio P. A. quando comparamos a sua biodisponibilidade (absorção no organismo).

Olá Guilherme!
Você deve seguir a recomendação de consumo do fornecedor do Cloreto em sachê.
O nosso produto é em cápsulas, por isso, já vem na dosagem correta para consumo e não necessita diluir em água.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *