Categorias
Beleza Nutra-se

Quais as vantagens em combinar o consumo de diferentes tipos de Colágeno?

O Colágeno é a proteína mais importante produzida pelo corpo humano e pode representar de 25% a 35% de todo o conteúdo proteico corporal. Podemos encontrar Colágeno na pele, cabelo, ossos, dentes, tendões, córneas, ligamentos, vasos sanguíneos, músculos, nas superfícies celulares e nos órgãos. Ele desempenha inúmeras funções principalmente no suporte estrutural do corpo proporcionando resistência à tração e flexibilidade aos tecidos e órgãos. Além de sua função estrutural essencial, o Colágeno está envolvido na adesão celular, fatores de crescimento, remodelação dos tecidos, crescimento e diferenciação celular, ele mantém as células do tecido unidas, participa do processo de cicatrização e regeneração, construção e manutenção de tecidos e órgãos, ajuda na reparação dos ossos e dos vasos sanguíneos. Para o corpo se manter saudável e suas estruturas fortalecidas, ele precisa estar disponível em abundância dentro do organismo.

O Colágeno está ligado diretamente ao envelhecimento do corpo, sendo uma das suas principais causas, a perda de Colágeno pelo organismo. Já se sabe que a perda desse Colágeno se inicia por volta dos 30 anos e após os 40, o corpo passa a perder cerca de 1% ao ano. Pode significar que a velocidade em que perdemos Colágeno é maior do que a capacidade em que o corpo tem em produzir ou recuperar esse Colágeno perdido. Existem outros fatores que ajudam nessa perda de Colágeno que é a ação de radicais livres no organismo, dieta deficiente, tabagismo, alcoolismo e doenças. Logo, os músculos ficam flácidos, a densidade dos ossos diminui, unhas e cabelos ficam mais finos, a pele vai criando rugas e vai perdendo estruturação, as articulações e os ligamentos perdem elasticidade e força motora.

Os tipos de Colágeno

Estima-se que existe mais de 28 tipos diferentes de Colágeno no nosso corpo. Cada um tem uma estrutura diferente e por isso, uma atuação específica principalmente nos órgãos em que se encontra.

O tipo de Colágeno e fonte de onde ele foi extraído são os principais fatores que afetam as propriedades desse Colágeno, o que determina a sua atividade funcional. Mas, quais as vantagens de combinar o consumo de diferentes tipos de Colágeno? Acompanhe logo abaixo, as mais promissoras fontes de Colágeno e os seus benefícios, para ter a resposta à este questionamento.

Peptídeos de colágeno bovino e suíno

Os peptídeos de Colágeno, são fragmentos de proteínas ou cadeias de aminoácidos com peso molecular menor, de rápida absorção que estimulam a biossíntese de colágeno. Eles apresentam importantes funções fisiológicas que podem ter impacto positivo sobre a pele, cabelos, unhas, ossos e nas propriedades biomecânicas (resistência à tração, rigidez, estabilidade e integridade de tecidos). Estudos apontam que os peptídeos de Colágeno podem melhorar a elasticidade da pele, fortalecer e melhorar o aspecto do cabelo, ajudar na recuperação da cartilagem, amenizar a dor nas articulações relacionada à dor, fortalecer tendões e ligamentos, aumentar a massa corporal magra e aumentar a densidade mineral óssea em mulheres pós-menopausa.

Os seus benefícios são em parte, atribuídos pela capacidade que têm de aumentar a síntese de proteínas de matriz extracelular em vários tecidos através de um efeito celular estimulante, ao mesmo tempo em que fornecem os blocos específicos de construção de aminoácidos para os colágenos corporais. Quando consumidos, os Peptídeos de Colágeno conseguem facilmente atravessar a mucosa do intestino e são distribuídos dentro do corpo. Na pele, por exemplo, na camada mais profunda onde os cremes tem dificuldade de penetrar, eles são reconhecidos por células específicas como fragmentos de colágeno e dessa forma estimulam o aumento da produção do colágeno naquele local, o que pode melhorar a fisiologia da pele e a aparência aumentando a hidratação, elasticidade, firmeza, reduzindo as rugas e rejuvenescendo o aspecto da pele.

Colágeno hidrolisado de peixe marinho

O Colágeno extraído do Peixe tem sido utilizado para produzir Colágeno hidrolisado com propriedades químicas e físicas melhoradas, de baixo peso molecular, o que aumenta a sua biodisponibilidade, tem circulação mais rápida na corrente sanguínea, é compatível com o corpo humano e apresenta propriedades bioativas funcionais. Além de ser rico em colágeno tipo I com alto grau de pureza, estes são animais que não abrigam doenças trasnmissíveis. O Colágeno hidrolisado de Peixe Marinho tem sido cada vez mais utilizado para o desenvolvimento de nutracêuticos por oferecer principalmente o Colágeno tipo I e III que pode trazer benefícios para a pele, ossos, tendões, ligamentos, auxiliar no processo de cicatrização, no crescimento de novos tecidos e na reparação de órgãos como pulmão, vasos sanguíneos e intestino. Um dos seus benefícios é no reparo da pele e na inibição do foto-envelhecimento. Em um estudo piloto, que utilizou Colágeno hidrolisado de Peixe, obteve-se um efeito antioxidante na redução de radicais livres, maiores que o ácido hialurônico, com efeito também na proliferação celular dos fibroblastos dérmicos, que são células específicas da pele. Em outro estudo, o consumo de Colágeno da pele de espécies de peixe, controlou a degradação da cartilagem em condições induzidas pela Artrose.

Além disso, o Colágeno hidrolisado de Peixe Marinho, possui uma alta atividade biológica para promover a regeneração do tecido ósseo, podendo melhorar a densidade do osso, dar mais rigidez e resistência.

Colágeno hidrolisado de membrana da casca do ovo

Na membrana da casca do ovo são encontrados principalmente o Colágeno tipo I, tipo V e tipo X, que podem estar presentes nos locais de grande resistência as tensões como em toda a derme, placenta, pulmão, tendões, cartilagem articular, e ao redor dos folículos do cabelo. Ela também contém naturalmente em sua composição, o ácido hialurônico um composto essencial para a estrutura da pele e cartilagem articular. O ácido hialurônico mantém a hidratação (água) da pele e melhora os seus aspectos enrugados. Outros compostos (glicosaminoglicanos) estão presentes na membrana da casca do ovo que também atuam na manutenção da pele e no reparo de feridas.  Devido à concentração de glicosaminoglicanos, aminoácidos e a presença de Colágeno tipo I, V e X o uso do Colágeno Hidrolisado de Membrana da Casca do Ovotem sido associado a melhorias na estrutura da cartilagem articular para manter a rigidez tecidual e prevenir a degradação, também facilitar o processo de mineralização óssea e à melhorias na pele – na aparência e elasticidade –, estrutura do cabelo e das unhas

Colágeno não desnaturado do frango

O Colágeno não desnaturado da cartilagem do esterno do frango fornece o Colágeno tipo 2, uma proteína estrutural muito abundante na cartilagem. Ele forma uma rede fibrilar tridimensional que é essencial para a formação, rigidez e resistência à tração do tecido cartilaginoso. Também conhecido como colágeno UC-II (ou UC2), o Colágeno tipo 2 é o principal colágeno fibroso da cartilagem, representando 80-90% do colágeno neste tecido. Ele tem poder anti-inflamatório, antioxidante e regenerativo, por isso, pode agir em prol da manutenção e saúde do sistema articular e cartilaginoso. Principalmente usado para exercer benefício sobre a flexibilidade, mobilidade, lubrificação das articulações, desconfortos articulares e recuperação de estruturas cartilaginosas. A degradação e a redução do Colágeno tipo II são frequentemente observadas na cartilagem de pessoas com Artrose. O Colágeno tipo II auxilia na redução da inflamação da articulação e atua para parar a degradação da cartilagem. Por isso, o Colágeno tipo 2 é indicado para pessoas com desordens relacionadas à articulações, cartilagens e tendões e/ou para praticantes de atividades físicas que buscam prevenir o desgaste das articulações, melhorar a flexibilidade, força articular, amenizar dores e desconfortos durante ou após os treinos.

PENTAKOL: 5 tipos de Colágeno em uma única formulação!

O Colágeno tem desempenho em diversas funções no corpo humano, bem como possui muitos tipos, com benefícios diferentes e ainda assim que trabalham em total sinergia. O que encontramos comumente no mercado são formulações que oferecem principalmente o Colágeno tipo I e III de forma combinada, ou o tipo II de forma isolada. Mas, por que consumir somente um tipo ou, inúmeras cápsulas de Colágeno, se você pode ter 5 deles em uma única formulação?

O PENTAKOL é uma combinação perfeita de ingredientes ativos que oferecem diferentes tipos de colágeno: Peptídeos de Colágeno bovino e suíno, Colágeno hidrolisado de peixe marinho, Colágeno hidrolisado de membrana da casca do ovo, Colágeno não desnaturado da cartilagem do esterno do frango. Cada fonte de colágeno terá uma finalidade dentro do organismo ao passo que atuam em sinergia e em vários tecidos de forma a obter inúmeros benefícios em uma única formulação.

Por isso, o diferencial do PENTAKOL é justamente promover inúmeros benefícios sobre a saúde dos tecidos e beleza da pele cabelo e unhas, por oferecer uma variedade de nutrientes que compõem as diferentes fontes alimentares de colágeno que naturalmente disponibilizam o colágeno tipo I, II, III, V e X em sua composição.

Referências:

Chen X.L., Peng M., Li J., Tang B.L., Shao X., Zhao F., Liu C., Zhang X.Y., Li P.Y., Shi M., et al. Preparação e avaliação funcional de hidrólise rico em colágeno de colágeno com a protease colagenolytic de Pseudoalteromonas. Sci. Rep. 2017; 7:1-13.

Ohnishi A., Osaki T., Matahira Y., Tsuka T., Imagawa T., Okamoto Y., Minami S. Avaliação dos efeitos condroprotetores de glucosamina e peptídeo de colágeno de peixe em um modelo de COELHT usando biomarcadores de soro. J. Vet. Med. Sci. 2012; 75:421-429.

Felician F.F., Xia C., Qi W., Xu H. Collagen de Fontes Biológicas Marinhas e Aplicações Médicas. Biodivers. 2018; 15:e1700557. 

Harris, M., Potgieter, J., Ishfaq, K., & Shahzad, M. (2021). Desenvolvimentos para Hidrólise de Colágeno em Domínios Biológicos, Bioquímicos e Biomédicos: Uma Revisão Abrangente. Materiais (Basileia, Suíça), 14(11), 2806.

Theocharidis, G., & Connelly, J. T. (2019). Pequenas collagens da pele com funções não tão pequenas. Journal of anatomy, 235(2), 418-429.

Mohammed, A., & He, S. (2021). Um teste duplo-cego, randomizado, controlado por placebo para avaliar a eficácia de um suplemento de colágeno de frango hidrolisado tipo II em aliviar o desconforto articular. Nutrientes, 13(7), 2454.

Lupu, M. A., Gradisteanu Pircalabioru, G., Chifiriuc, M.C., Albulescu, R., & Tanase, C. (2020). Efeitos benéficos de suplementos alimentares à base de colágeno hidrolisado para cuidados com a pele (Revisão). Medicina experimental e terapêutica, 20(1), 12-17.

Zague V, de Freitas V, da Costa Rosa M, de Castro GÁ, Jaeger RG, Machado-Santelli GM. A ingestão de hidrolise de colágeno aumenta a expressão do colágeno da pele e suprime a atividade da metaloproteinase 2. J Med Food. 2011 Jun;14(6):618-24. doi: 10.1089/jmf.2010.0085. Epub 2011 Abr 11. 21480801.

Kalman, D.S., & Hewlings, S. (2020). O efeito da membrana de casca de ovo hidrolisada oral no aparecimento de cabelos, pele e unhas em adultos saudáveis de meia-idade: um ensaio clínico randomizado duplo-cego controlado por placebo. Revista de dermatologia cosmética, 19(6), 1463-1472.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.